14 maio 2011

13 de maio!

Esse post era pra entrar mais cedo, mas como muitos devem saber, o blogger entrou em pane e ninguém conseguia postar nada!!
Desculpem-me, mas os coments que muitas fizeram foram apagados devido essa pane! :'(

Dia 13 de maio é comemorada muitas coisas importantes para mim: aniversário do meu time do ♥: Esporte clube Vitória (post em breve!), níver de 23 meses com o pseudo (♥♥♥). 
Um dos acontecimentos muito mais importantes da história também aconteceu neste dia: A abolição da Escravatura!

E, para comemorar esta data tão importante, quero que vocês conheçam uma personagem muito interessante: Luísa Mahin, uma MULHER que lutou por essa conquista!


Luísa Mahin foi uma ex-escrava africana, radicada no Brasil. Era mãe do abolicionista Luís Gama.
Pertencia à tribo Mahi, da nação africana Nagô, praticantes da religião islâmica, conhecidos no Brasil como Malês.

Embora se desconheça a sua origem, tendo vivido em Salvador, na Bahia, foi alforriada em 1812. Afirmava ter sido princesa, na África. De sua união com um fidalgo português, nasceu Luís Gama. Aos cuidados do pai, dissipador, a criança, então com dez anos de idade, foi vendida ilegalmente como escrava, para quitar uma dívida de jogo.

LUÍSA ESTEVE ENVOLVIDA NA ARTICULAÇÃO DE TODAS AS REVOLTAS E LEVANTES DE ESCRAVOS QUE SACUDIRAM A ENTÃO PROVÍNCIA DA BAHIA NAS PRIMEIRAS DÉCADAS DO SÉCULO XIX. Quituteira de profissão (baiana de acarajé), de seu tabuleiro eram distribuídas as mensagens em árabe, através dos meninos que pretensamente com ela adquiriam quitutes. Desse modo, esteve envolvida na Revolta dos Malês (1835) e na Sabinada (1837-1838). Caso o levante dos malês tivesse sido vitorioso, Luísa teria sido reconhecida como Rainha da Bahia.

Descoberta, foi perseguida, logrando evadir-se para o Rio de Janeiro onde foi encontrada, detida e, possivelmente, degredada para Angola, na África. Não existe, entretanto, nenhum documento que comprove essa informação.

Em suas notas biográficas, o poeta e abolicionista Luís Gama, registrou acerca de sua mãe:
      "Sou filho natural de negra africana, livre, da nação nagô, de nome Luísa Mahin, pagã, que sempre recusou o batismo e a doutrina cristã. Minha mãe era baixa, magra, bonita, a cor de um preto retinto sem lustro, os dentes eram alvíssimos, como a neve.  Altiva, generosa, sofrida e vingativa. Era quitandeira e laboriosa." 

Em outros versos do autor indica-se que Luísa Mahin teve mais um filho, cujo destino é ignorado.


Eu não poderia deixar esta data passar em branco! Sou negra e espero ter, pelo menos, um pouco da garra e coragem dessa mulher!!
O meu maor desejo é que a população negra tenha, um dia, o reconhecimento por tudo que fez na história do meu país!
Comentários
8 Comentários

8 comentários:

  1. Salve o negro!
    Sem negros não haveria Brasil.
    Beijos.

    ResponderExcluir
  2. Luci adorei o post, e também acho que o negro deveria ter mais reconhecimento!
    Esta mulher deve ter sido sem sombra de dúvidas uma guerreira, e juro que se não fosse por vc eu não iria conhecer a história e a importância dela na história do país!! :)
    Beijinhos

    ResponderExcluir
  3. É um fato grandioso, mas esse assunto é pano pra manga, para mim todos deveriam ter seu reconhecimento, sem comparaçao de que se é negro, branco , rico ou pobre, para mim não é reparaçao é um futuro melhor sem desigualdade. temos varios herois na nossa história que valem a pena ser falado.Vamos lembrar esse dia para continuarmos nossa busca pela liberdade! Axé!

    ResponderExcluir
  4. Fatos da nossa história que todos nós deveríamos saber.
    A grande luta dos escravos foi simplesmente fator heróico.
    Excelente post!!!

    Bjinn :*
    Nai ♥
    piinkverniz.blogspot.com

    ResponderExcluir
  5. @Carine Gimenez Pois é... Os negros são a alma desse país!!

    ResponderExcluir
  6. @Ellen - Cupcakes Fun que bom!! é sempre interessante aprender coisas novas, né? ^^

    ResponderExcluir
  7. @Marilia Sim, sim... Uma história muito longa!!

    ResponderExcluir
  8. @Nai Os negros serão sempre heróis na nossa história!! História de luta!

    ResponderExcluir

Podem exclamar à vontade!!!

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...