31 maio 2011

Operação Respeito ao Professor: Eu apoio!


Como muito devem saber, eu sou professora! Profissão escolhida por mim, pois sempre gostei de ensinar. Lembro das brincadeiras de escolinha na minha infância e eu sempre queria ser "a pró". Quando escolhi , fui alertada por várias pessoas dos percalços  dessa profissão que é pouco nada valorizada no nosso país.
Depois do depoimento da professora Amanda Gurgel, me parece que a discussão sobre o sistema educacional brasileiro está aparecendo mais nos veículos de comunicação. 
Eu concordo com cada vírgula que a Professora Amanda usa no vídeo. Infelizmente o poder de mudança não está somente nas mãos de nós professores. Precisamos do apoio de toda a sociedade para que esta triste realidade seja transformada!
E quando eu falo de respeito ao professor, não estou apenas falando de salários mais justos. Essa luta é por salários mais justos e também condições de trabalho igualmente justas.
Já lecionei em todos os níveis de educação: infantil, fundamental I, fundamental II, médio e superior. E quer saber? Em todos os segmentos o que vi (e ainda vejo) é uma total falta de consideração ao trabalho do profissional de educação. Esse descaso só aumenta o meu desejo de fuga da área. E tenho medo que, num futuro bem próximo, não existam mais profissionais para atuar. E eu estou com MUITO medo disso.

Eu espero, um dia, poder dizer que sou professora (se eu aguentar por mais tempo) e me orgulho da educação do meu país!

Fica a reflexão.
Comentários
5 Comentários

5 comentários:

  1. É, amiga, o caso está cada vez mais sério...
    Exigimos respeito!

    ResponderExcluir
  2. Ai Luci, também acho que o trabalho do professor está tão desvalorizado :(
    E o pior é que vcs se formam e estudam pra caramba e depois recebem isto (NADA)
    :(
    É fogo! :(

    Beijinhos

    ResponderExcluir
  3. Complicado né delícia!
    acho que temos um problema sério também com a educação dada dentro de casa viu!
    me preocupo muitoooooo!
    mas vamos lá, conseguiremos vitórias!
    bjocas

    ResponderExcluir
  4. Uma profissão tão importante e desvalorizada.
    Mas, se bem que na verdade, o que consta no Brasil é a inversão de valores, onde as profissões mais importantes (policial, médico, professor), são mal remuneradas e atuadas em péssimas condições, enquanto um jogador de futebol ganha o salário de 20 profissionais de cada área citada (jogador desconhecido).
    Só se atentarõ quando for difícil concertar, afinal no Brasil, só se fecha a porta depois que o ladrão entra!
    Não estou sendo pessimista, muito menos continuo com braços cruzados. Somente pontuando fatos importantes que passam despercebidos, ou não.
    A mudança tem que começar de cada brasileiro, que achando que não tem mais jeito, se conforma.

    ResponderExcluir
  5. Também apóio !!
    Nossos professores são tão desvalorizados, e ninguém se mexe para mudar isso.
    Ao invés de marcha pelo "seiláoque", poderiam juntar os milhares e marchar em prol de uma classe primordial do futuro do nosso país !
    Mas quem vai ensinar isso, se nossos professores tem que dar 1 milhão de aulas para tentar ao menos se sustentar ??

    Bjus 1000 Batalhadora !!!

    Pepa

    ResponderExcluir

Podem exclamar à vontade!!!

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...